Blog, Comportamento, Uncategorized

Aprendendo a lidar com as Emoções.

As emoções são um presente divino ao ser humano, elas colorem a vida dando um tom diferenciado e gostoso aos fatos que acontecem conosco, contudo quando perdemos o controle das emoções ou quando temos uma percepção equivocada dos fatos que acontecem em nossa volta esse tom diferenciado pode vir a ser mais escuro, angustiante, dolorido e conflituoso, trazendo  uma incapacidade de perceber de modo coerente a nós mesmos e o mundo em nossa volta.  Talvez esse seja um dos maiores desafios que temos na vida, pois diariamente vivenciamos diversos acontecimentos que influenciam diretamente  nossos pensamentos, sentimentos e comportamentos, gerenciar as emoções frutos destes pensamentos torna-se algo muito difícil pois somos incapazes de entender o que realmente está acontecendo. Desta forma, pensar que temos o controle sobre essas emoções nos parece algo inconcebível.

Normalmente nós classificamos as emoções em positivas ou negativas, agradáveis ou desagradáveis como exposto abaixo:

  • Emoções positivas/agradáveis: Alegria, amor, entusiasmo,
  • Emoções negativas/desagradáveis: Angústia, medo, ansiedade, vergonha, raiva

O que nós não percebemos é que as emoções negativas não são tão ruins assim, aliás, elas possuem um papel essencial de sobrevivência nos alertando quando a necessidade de melhor compreensão e monitoramento de algum fato específico, levando-nos a comportar de modo mais cuidadoso em algumas situações, como por exemplo: 

  • O medo: Nos alerta ao perigo
  • A tristeza: Aproxima-nos das pessoas ou nos mostra a necessidade de um momento a sós para refletir.  
  • A culpa: Comunica-nos a possibilidade de exclusão dos grupos que participamos.
  • A vergonha: Dá-nos limites morais.
  • A compaixão: Permite-nos ser solidário ao outro.

A lista é enorme da função das emoções que mesmo aparentemente negativas podem nos trazer benefícios em momentos específicos.

Como mencionado anteriormente o grande desafio é compreender percepção e o peso que damos às emoções produzidas pela percepção deixando-nos ficar essencialmente sensibilizados perdendo equilíbrio e a razão no controle da emoção.

A palavra percepção faz todo sentido porque um único fato pode ser interpretado de formas diferente por diversas pessoas isso está diretamente ligado à percepção, afinal o que é a percepção? Percepção é interpretação que damos aos fatos que acontecem conosco e ela está totalmente relacionada às nossas experiências de vida, sendo assim ela pode fazer um “estrago”vou nos ajudar e muito na condução dos fatos que acontecem em nossa volta, ela não é a realidade, contudo para nós passa ser a verdade dos fatos o que é perigoso.

Como gerenciar melhor as emoções? Pesquisas apontam que ler bons livros especialmente os que promovem o autoconhecimento, fazer atividades físicas e técnicas de respiração, ser aberto às mudanças, ter amigos para compartilhar e dialogar as alegrias e tristezas contribuem e muito no gerenciamento das emoções, esses fatores nos levam a uma melhor conhecimento de nós mesmo de do mundo.

 Tratando-se de terapia, a cognitiva comportamental tem-se mostrado uma alta efetividade na ajuda e gerenciamento das emoções, pois ela busca identificar os padrões de pensamentos, regras, crenças, emoções, hábitos e atitudes que estão ligados à origem dos problemas psicológicos e fornece às  estratégias mentais e comportamentais que promovam o bem estar bem das pessoas. 

Espero que a leitura deste artigo tenha lhe ajudado, aproveite e mostre a um amigo que necessita de uma leitura mais apropriada ao problema que esteja passando. Caso queira contribuir com críticas ou sugestões a esta coluna de comportamento escrita por Leonardo Sandro Vieira é só contactar pelo 33-98818-6858 ou 3203-8784 ou pelo e-mail:leosavieira@gmail.com 
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Leoperfil-2.png
Leonardo Sandro Vieira 
CRP-04/43298

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *