Blog, Comportamento

Casais inteligentemente saudáveis.

O casamento talvez seja uma das escolhas mais difíceis de fazer na vida, escolher uma pessoa para nos acompanhar para o “resto” de nossas vidas independentemente do que esteja acontecendo, na saúde e na doença, na tristeza e na alegria, parece um pouco insano não te parece não?!  Às vezes comento com alguns casais que atendo; poxa tem dias que nem nós estamos nos suportando ai  aparece  uma pessoa que se coloca a estar ao nosso lado até mesmo neste dia que eu não estou a fim de lidar comigo e só quero estar sozinho, não é meio insano essa promessa?!

Neste caso, esta escolha que parece insana pode ser uma das escolhas mais saudáveis da vida, desde que o casal consiga conjugar (por isso usualmente denominamos o casamento como vida conjugal) suas diferenças, afinidades, objetivos e principalmente conheçam seus princípios. Havendo a aprendizagem dessas características o desenvolvimento da relação tende ao crescimento, até mesmo os momentos de conflituosos (comuns dentro de qualquer relação).  

Um casal emocionalmente saudável consegue produzir resultados positivos até em momentos de crises, servindo para reforçar os laços que ficaram inicialmente vulneráveis nestes momentos difíceis. Nenhum casamento é um mar de rosas, contudo, isso não significa que o casamento precisa a todo momento ser tempestades e dificuldades.  

Casais inteligentemente saudáveis aprendem a dialogar até mesmo o modo como querem que seus conflitos, problemas e discussões sejam resolvidos, aprendem que esconder emoções e sentimentos é um péssimo caminho que só adoece a relação, aprendem o momento coerente de se abrir, que não precisam ser repetitivos e buscam a forma certa de falar e expressar o sentimento, podendo falar do problema, mas focando a solução sem ficar ruminando os problemas no coração reforçando mentalmente  o comportamento  que considera inadequado outro.

Algo que precisa ser aprendido a todos é que, não existem casais sem diferenças, o desenvolvimento da capacidade de lidar com essas diferenças é que produz o amadurecimento para uma relação inteligente, saudável e gostosa. Aprender ouvir ativamente o parceiro, fazendo um papel empático, dialogando sem ataques desenvolve o que chamamos apego afetivo nutritivo seguro. Ou seja, mesmo que eu por algum momento um dos lados sentir que foi falho em algo ele se sente seguro em se abrir,  vai compreender que o parceiro tem todo direito de se sentir triste e expressar sua tristeza de modo coerente. Lembrem-se que o respeito a ambos devem ser um dos principais princípios e pilares de uma relação.  

Orientações como, aprender a estabelecer regras para o bom convívio, dar espaço para a individualidade do outro até mesmo para ser reconhecer e poder atuar de forma mais autentica e verdadeira com o seu parceiro, aprender a olhar para os problemas diários  pensando na solução e na remoendo-os, pensar antes de falar, dar espaço para que o parceiro também fale, aprender a se reconhecer dentro da relação e principalmente respeitando uns aos outros, faz bem a toda e qualquer relação. Observando essas orientações já será um bom ponto de partida para o desenvolvimento   um gostoso modelo saudável de relacionar-se, desta forma é bem provável que cheguem a velhice juntos e se curtindo pois encontraram alguém que compartilhou os fardos difíceis da vida e fez sua vida ser mais leve e gostosa mesmo nas maiores dificuldades, construindo grandes momentos de felicidade e nutrição afetiva.

Para finalizar sugiro aos casais a leitura do livro “ As 05 linguagens do amor” do autor Gary Chapman  é um best seller que recomento a muitos casais que querem acertar sua relação contudo possuem dificuldade de compreender o seu parceiro  e desenvolver uma comunicação saudável.

Espero que este texto possa contribuir de alguma forma positiva o desenvolvimento da sua vida, ou de um familiar ou amigo, por isso, se tiver gostado mostre ou repasse a alguém que considerar necessário. Caso queira contribuir com críticas ou sugestões a esta coluna de comportamento, escrita por Leonardo Sandro Vieira, é só contactar pelo 33-9881868589 ou pelo e-mail:leosavieira@gmail.com ou pelo nossos canais de interação no    https://linktr.ee/institutoaprendendoalidar

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Leoperfil-2.png
Leonardo Sandro Vieira 
CRP-04/43298

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *